Estes medicamentos que muitas pessoas tomam aumentam o risco de paragem cardíaca!

De acordo com um estudo dinamarquês, o Ibuprofeno aumenta o risco de paragem cardíaca em 31%, enquanto para quem toma Diclofenac, essa percentagem passa para os 50%.

Devido a estas novas descobertas, os cientistas pedem que seja restringida a venda deste analgésico. O Ibuprofeno.

Mas não é tudo, ao que parece, outros medicamentos da mesma família de analgésicos, ou anti-inflamatórios não esteróides como são mais conhecidos, apresentaram um risco ainda maior. As conclusões deste estudo, publicadas no European Heart Journal, o Diclofenac aumentam o risco para 50%.

E segundo o jornal britânico The Guardian, o prof. Gunnar Gislason, da Universidade de Copenhaga, o principal autor do estudo, já exigiu um controlo mais apertado e rigoroso na venda deste tipo de medicamentos não esteróides.

Segundo o próprio “Ao permitir que este tipo de medicamentos possam ser vendidos sem receita médica ou sem qualquer restrição, é passar a mensagem de que são seguros. Esta descoberta, vem lembrar que afinal os anti-inflamatórios não esteróides não são assim tão inofensivos. O diclofenac e o ibufreno, os medicamentos mais utilizados, foram ligados a um aumento significativo de risco de paragem cardíaca”.

Este estudo incluiu quase 29 mil pacientes que sofreram de paragem cardíaca fora do hospital, registados na Dinamarca entre 2001 e 2010.


Segue a nossa página de facebook:




One thought on “Estes medicamentos que muitas pessoas tomam aumentam o risco de paragem cardíaca!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *