O menino estava doente e não melhorava… Quando o pai abriu o biberão… Ficou aterrorizado com o que viu!

Crianças adoecem e isso é muito comum, mas às vezes o que causa nos pequenos a doença, não é algo natural e sim coisas que estão a nossa volta e muita vezes os pais não conseguem ver.

Isso foi exatamente o que aconteceu com um menino que estava mal de saúde por um bom tempo. O seu pai, Simon não entendia porque a criança não melhorava nunca e o seu desespero só aumentava.

Então, começaram a investigar o que estava a acontecer com o menino. Assim, o pai encontrou algo que o deixou chocado e o fez gritar de espanto: a tampa do biberão da criança estava cheia de fungos. Um cheiro forte de decomposição saía de dentro do objeto e os pais não se tinham dado conta desse perigo. Dia após dia, o menino consumia “veneno” e por isso ficou doente.

Simon então usou uma faca para abrir a caneca e tirar toda a sujidade que se tinha concentrado numa espécie de filtro. Repare bem na cor da tampa:

biberon_bebe_1

biberon_bebe_2

Para alertar outros pais distraídos desse enorme perigo, Simon postou as fotos da tampa com fungos nas redes sociais. Logo depois da publicação, outros pais partilharam fotos parecidas com ele, mas o que mais surpreendeu é que todos os copos eram da marca Tommee Tippee.

biberon_bebe_3

A empresa manifestou-se a dizer que se limpar o produto de acordo com as instruções não haverá nenhum problema maior para as crianças. Além disso, também é muito importante não deixar de limpar por muito tempo.

É importante estar atento aos utensílios das crianças pois qualquer coisa pode deixá-las doentes, já que são muito pequenas e ainda não possuem uma resistência forte. Outra dica é usar copos ou biberons de plástico transparente pois assim fica muito mais fácil de ver o que está “escondido”.

biberon_bebe_4

Estejam atentos e não se esqueçam de partilhar essa informação com os seus familiares e amigos.


Segue a nossa página de facebook:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *