O Nokia 3310 está de volta! O telemóvel “indestrutível” vai regressar às lojas!

Mas um pouco diferente do que nos lembramos dele, numa versão melhorada e mais adaptada às necessidades de hoje em dia.

A versão melhorada do telefone que fez enorme sucesso em 2000 será apresentada em Barcelona.

O Nokia 3310 popularmente apelidado de “o indestrutível” pela sua resistência, foi melhorado, tem uma versão renovada e vai ser apresentado no Congresso Mundial de Telefonia (Mobile Congress Word), em Barcelona, entre 27 de fevereiro e 2 de março.

O reaparecimento do telemóvel deve-se à empresa finlandesa HMD, formada por antigos funcionários da Nokia, que adquiriu patentes da Nokia Technologies, direitos autorais e de imagem de marca, anunciou a ressurreição do aparelho clássico, quase vintage.

Além de ser indestrutível, a nova versão do Nokia 3310 traz uma câmara PureView de 41 MP com flash de xenon. Ele roda uma versão modificada do Windows Phone 8 para funcionar na tela de 3 polegadas com formato diferenciado. Tem, também um processador dual-core de 1,5 GHz, 32 GB de armazenamento interno e 2 GB de RAM, com apenas 22 milímetros de espessura e 133 gramas.

História

A empresa finlandesa Nokia vendeu em todo o mundo mais de 120 milhões de aparelhos do seu modelo de 3310, mas o surgimento de aparelhos inteligentes levou gradualmente este modelo para últimas escolhas de compra, apesar de sua reputação, desempenho e jogo hipnótico da Snake 2. Agora, em fevereiro de 2017, quando parecia que o telemóvel mais popular do início do milénio tinha sido completamente ultrapassado pelos smartphones, o novo Nokia ressurge para um mercado específico.

Informações sobre o ressurgimento, recolhidos por The Guardian, sugerem que o telefone só estará disponível inicialmente na Europa e América do Norte, vai custar cerca de 70 euros e estará disponível nas cores amarelo, azul, vermelho, verde e azul escuro. O original foi lançado em 2000 a um preço de 150 euros.

Há relativamente poucos anos atrás todos nós tínhamos em nossos bolsos Nokia. A marca finlandesa vendeu dois de cada três telefones ao redor do mundo. Seu império entrou em colapso quase da noite para o dia com o surgimento de telemóveis de ecrã de tátil, com o iPhone na cabeça, e do surgimento do sistema operacional Google Android.

Quase indestrutível

O Nokia 3310, que ainda muitos guardam em casa com alguma nostalgia, surgiu no mercado em agosto de 2000. No YouTube há muitos vídeo a testar a sua força e resistência, como um vídeo que mostra o telemóvel a ser atingido por uma catana, e continuar ileso. Outro, mostra que é capaz de suportar o peso de um veículo parado. Outra característica é a capacidade da sua bateria. De acordo com a Nokia, é possível gastar 260 horas (quase 11 dias) sem ter que recarregar o telemóvel, claro, se não fizer chamadas.

Fonte: Dinheirovivo.pt

Segue a nossa página de facebook:




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *