Jovem inventa o primeiro airbag para smartphones

Jovem de 25 anos inventa o primeiro airbag para smartphones

Uma das maiores preocupações quando se compra um smartphone é a resistência e a qualidade de construção dos mesmos. O ecrã de um smartphone é a mais preocupante, embora o vidro com Gorilla Glass ajude bastante nas quedas, não é inquebrável, e os ecrãs são cada vez mais caros. Por isso quando compramos um telemóvel a primeira coisa que fazemos é comprar uma capa e um protector de ecrã.

No entanto existem boas noticias neste campo, pois um jovem de 25 anos inventou um airbag para smartphones. O universitário Philip Frenzel criou o ADCASE, uma capa com um tipo de airbag para smartphones que tem embutida um protector de quedas, que só abre nos momentos que o dispositivo está em situação de queda. O melhor de tudo é que a mesma já está no caminho certo para ser comercializada.

Esta capa inovadora ainda não está disponível comercialmente, mas o protótipo do projecto já recebeu várias avaliações positivas de pessoas interessadas em comprar o mesmo.

Esta magnifica invenção, transformada num projeto muito ambicioso já rendeu ao seu inventor o maior prémio da Sociedade Alemã de Mecatrónica, que classifica trabalhos e invenções de alunos em todo o país.

Este projeto tem um invólucro com oito ganchos de metal que se encontram recolhidos dentro da capa inovadora. Em caso de queda o mecanismo é ativado e os ganchos de metal saem e encaixam-se em direções opostas, de forma a proteger os cantos do smartphone do impacto e também suavizando a queda. As molas da capa podem ser dobradas facilmente para dentro da capa ao pegar no telefone.

A capa inovadora “Adcase” poderá ser comprada em breve, pois o seu inventor Philip Frenzel já solicitou uma patente e até já tem camisolas impressas com o seu logótipo. A capa pode ser lançada, em breve, na conhecida plataforma de crowdfunding.


Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.