Três homens sentam-se numa igreja vazia e começam a cantar… Momentos depois… O mundo inteiro está em lágrimas!

Quase toda a gente conhece a música “Let it Be” dos Beatles. Ela tornou-se num sucesso instantâneo pelo mundo inteiro, e ficou em primeiro lugar em muitos países durante várias semanas. Mas desta vez, ela está a tornar-se viral devido a estes três homens a cantar numa igreja vazia.

Recentemente, um grupo muito talentoso chamado GENTRI resolveu interpretar a canção “Let it Be”, dos Beatles, e tem tido um sucesso enorme. A banda conta com a participação dos maravilhosos cantores Casey Elliott, Bradley Quinn Lever e Brad Robins. Não podemos nos esquecer do produtor Stephen Nelson, que organiza os arranjos para encaixarem perfeitamente nas suas vozes.

As incríveis harmonias fazem com que a performance sejam algo mágico para os nossos ouvidos. Mas há algo ainda mais especial na sua versão de “Let it Be”. Eles gravaram a sua música numa igreja vazia, e as suas vozes uniram-se perfeitamente!

A emoção dessa interpretação dá calafrios instantaneamente. São apenas três pessoas a cantar, mas quando estes homens abrem as suas bocas, parece que há um coro inteiro a cantar em conjunto com eles.

Precisa ouvir esta versão espetacular da música icónica dos Beatles.

Podemos dar mil e um elogios sobre essa versão, mas não há nada melhor do que ouvir por si mesmo e tirar as suas próprias interpretações. Milhões de pessoas têm aplaudido o desempenho dos três homens na igreja vazia. E com certeza você ficará seriamente impressionado também!

De todas as versões que já ouvi da música, essa é sem dúvida a minha favorita. Há algo tão real e único nesta performance… para além disso, o ambiente da igreja a torna ainda mais emocional e notável. Assista e tire as suas próprias conclusões!

O que achou da incrível performance deste trio? Se gostou partilhe com os seus amigos para que eles possam ouvir essa interpretação impressionante!


Segue a nossa página de facebook:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *