Esta mulher de 30 anos ficou com o coração partido após uma mensagem. Mas a sua resposta foi genial!

Michelle Thomas é uma jovem mulher que aprecia a vida. Ela conheceu Simon através de uma aplicação de encontros e ambos saíram. Eles passaram uma noite maravilhosa com risadas, uma boa conversa e um fantástico jantar.

Na noite seguinte recebeu uma mensagem do Simon. Mas quase caiu para trás ao lê-la:

“Olá, Michelle, desculpa, estive super ocupado no trabalho hoje.

Obrigado pela noite maravilhosa de ontem. Eu realmente gostei da tua companhia. És uma pessoa extrovertida, engraçada e exatamente o tipo de rapariga que eu gostava de sair se o meu corpo e a minha mente deixassem.

Acho que és uma rapariga muito bonita. Mas eu gosto de pessoas mais magras.

Enquanto eu estou muito excitado pela tua mente, o teu rosto, a tua personalidade, eu não posso dizer o mesmo do teu corpo.
Estou muito desapontado comigo, Michelle, porque eu não me sinto assim com alguém há muito tempo, mas estou tentando ser honesto contigo sem parecer um completo idiota.

Nós poderíamos ser amigos fantásticos, eu casaria contigo  num instante se fosses mais pequena e magrinha.

Por favor tenta me perdoar. Adoro-te. Beijos.”

Mas como a Michelle Thomas reagiu à carta é simplesmente genial:

“Caro homem que conheci no Tinder,

Eu estava noutro encontro quando recebi a tua mensagem. Ele voltou da casa de banho e encontrou-me a chorar.

Não precisas de estar interessada em mim. Todos nós temos um bom amigo para quem olhamos com pesar e pensamos: “és querido, mas simplesmente não me excitas”. Nós desejamos que fosse possível sentir uma atracção  por eles, mas os nossos corpos e cérebros não funcionam dessa maneira. E está tudo bem.

O que não está bem é o fato de após algumas horas na minha companhia, percas tempo para escrever esta mensagem absolutamente desnecessária e que ninguém pediu.

O objetivo desta mensagem é me deixar mal, e por alguns momentos, funcionou. Mexes-te com um medo dormente que todas as mulheres que já foram adolescentes têm .

Eu gosto da minha aparência.

Podes pensar que todas as minhas fotos de perfil tentam esconder a minha gordura. Mas eu acho que elas me representam bem. E eu sou bem honesta sobre quem eu sou. Gosto de pensar que pareço uma mulher feliz e confiante.

Eu mostrei a tua mensagem a amigos que expressaram choque, horror e vergonha por ti, e um desejo de te aleijar fisicamente.

O que realmente me preocupa, a verdadeira razão pela qual estou respondendo a isto publicamente, é que tens uma filha de 13 anos. Uma ilustradora talentosa que coleciona quadrinhos de Manga e que quer visitar o Japão o mais rápido possível.

Eu quero que encorajes a tua filha a amar, aproveitar e cuidar do corpo dela. Ele pertence a ela e apenas a ela. Elogia a inteligência e a criatividade dela. Ajuda a apoiar-se e a não ter medo.

Simon.

Beijo.

P.S.: “Pequena e magrinha”?  isso é doente.

P.P.S.: Você não tem 1,80m.”

Depois desta troca de palavras fiquei boquiaberto.

Simplesmente genial como esta jovem mulher respondeu, a forma como ela se relaciona com o seu corpo é de louvar.


Segue a nossa página de facebook:




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *