A desarrumação em casa desencadeia stresse e ansiedade, afirma psicólogo.

Também lhe acontece, ao voltar para casa, talvez depois de um dia longo e stressante, e encontra todos os cantos completamente desarrumados? E o seu desejo de relaxar quando chega a casa acaba… A esse ponto, geralmente surge um nervosismo que se prolonga ao longo da noite, juntamente com stresse e ansiedade.

Não se preocupe, você não é o único a reagir dessa maneira quando está no meio da desarrumação: de acordo com os psicólogos, na verdade, os espaços desordenados são o gatilho para o stresse e os ataques de pânico.

“A desarrumação afeta muito a forma como nos sentimos em nossas casas, no trabalho ou em outro lugar. Os espaços lotados de coisas desarrumadas provocam um estado de ansiedade, faz-nos sentir desamparados e oprimidos. Raramente as pessoas reconhecem que é a desordem a ser a causa do stresse das suas vidas”, disse o psicólogo Sherrie Bourg Carter.

A desordem, portanto, poderia ter um papel muito mais influente no nosso bem-estar mental do que imaginamos, o caos causa:

  • Fadiga mental porque nos expõe a um grande número de estímulos inúteis;
  • Isso nos distrai daquilo que realmente queremos focar;
  • Diz ao cérebro que nosso trabalho ainda não terminou;
  • Isso nos leva a pensar sobre o cansaço e o tempo que usaremos para colocar tudo em ordem.

Para tudo isso, existe uma solução, que depende tanto da sua força de vontade quanto da presença ou ausência de outras pessoas que possam contribuir para a desordem.

De acordo com o psicólogo, se a casa é habitada por uma família, é bom envolver todos os membros da família no processo de reordenação. Você pode pensar em atribuir uma peça para cada um ou definir um dia por semana dedicado à limpeza da casa.

Uma maneira de impedir que a desordem se repita é evitar todos os móveis abertos e “expostos”; é melhor adquirir caixas, armários e móveis com portas, o que nos permite “esconder” temporariamente a desordem.

Os outros segredos para manter o caos longe são:

  • Estabelecer regras, como por exemplo, sempre colocar as coisas no lugar e da maneira como foram encontradas;
  • Deite fora tudo o que você não precisa ou dê para dar a alguém que possa precisar;
  • Distribua a limpeza e a reorganização ao longo do tempo, evitando fazer tudo junto.
  • Como último truque, o psicólogo aconselha adicionar um pouco de diversão; enquanto você arruma a casa, você pode colocar um pouco de música ou ligar ou ver o programa de TV que você gosta!

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.