Escolas a funcionar, fronteiras abertas e esplanadas cheias. E menos casos de Covid-19 que em Portugal

Com quase todos os países da Europa em quarentena, na Suécia as escolas estão em funcionamento, as fronteiras não fecharamm e até as esplanadas abriram mais cedo do que é habitual.

No panorama atual a nível global, a Suécia é uma excepção. Segundo dados do Worldometer – à hora desta publicação, dia 30 de Março de 2020 – o país escandinavo tem 4.028 casos positivos de Covid-19 e 146 vítimas mortais, com uma população semelhante à portuguesa, em torno dos 10 milhões de habitantes.

Depois da quarentena imposta no Reino Unido, a Suécia passas a ser o maior país europeu que ainda não implementou uma quarentena verdadeiramente dita, as aglomerações de mais de 50 pessoas só foram proibidas na passada sexta-feira.

Apenas os liceus e as universidades estão encerrados. Crianças até aos 16 anos de idade continuam a ir à escola, normalmente, e sem qualquer tipo de constrangimento.

Ainda em contraste com o resto da Europa, o governo decidiu decretar a abertura prematura das esplanadas (só costumam realizar-se a 1 de abril, com o melhorar do tempo) para aumentar a procura pelos cafés e restaurantes, que nesta altura têm estado mais vazios devido às notícias internacionais, principalmente na capital, Estocolmo.

Fonte: Observador.pt / BBC.com


Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.