Estátua egípcia “amaldiçoada” move-se sozinha no museu de Manchester (vídeo)

estatua2Uma estátua de Neb Sanu está a deixar os especialistas na matéria surpreendidos. Isto porque a estátua move-se sozinha dentro do expositor.

A estátua egípcia datada de 1800 a.C., pertencente ao espólio do Museu de Manchester está a surpreender o Mundo. A escultura de Neb Sanu já está no museu há 80 anos e foi filmada, pelas câmaras de segurança a mover-se sozinha, sobre si mesma, dentro do expositor.

O egiptólogo do museu pensa que este fenómeno esteja ligado a uma maldição egípcia. O homem afirmou ao ‘Manchester Evening News’, que colocou essa hipótese quando viu a estátua mover-se pela primeira vez. “Achei estranho porque está num expositor e só eu tenho a chave.”

Estupefactos com este caso insólito, os responsáveis do museu programaram uma gravação de vídeo, diretamente focada na escultura e na qual é possível ver o objeto a mover-se sobre si mesmo.

Segundo o egiptólogo esta espécie de maldição pode estar ligada a uma antiga profecia: “A estátua costumava ir no túmulo com uma mãe e no Egito Antigo acreditava-se que se a mãe fosse destruída, a estátua agia como alternativa ao espírito”, apontou o especialista ao jornal diário britânico ‘The Telegraph’.

Entretanto o físico britânico Brian Cox, avaliou a situação do ponto de vista científico e acredita que o movimento do objecto tem a ver com o fenómeno físico da ‘fricção diferencial’.

O especialista em egiptologia do museu já contrapôs, no entanto, a teoria do físico, afirmando que “as superfícies estão em contacto desde que a estátua está no museu e nunca se moveu antes, por isso não se pode tratar de fricção diferencial”.

Vejam o vídeo e deixem a vossa opinião!

Fonte: CM


Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.