A mãe rejeitou o filho por ele ser gay… Dias depois recebeu uma carta que está a emocionar o mundo!

Atualmente, ainda existe muita descriminação de raças, género, e orientação sexual. Muitos homossexuais por todo o mundo são alvo de insultos, de olhares desaprovadores, e, em casos extremos, de violência.

Chad demorou algum tempo para finalmente ganhar coragem, e dizer à sua mãe que era gay. Ele tinha medo da sua reação, e, infelizmente, o seu receio tinha fundamento: ela o expulsou de casa, dizendo que ele era horrível e que a sua orientação era contra a natureza.

O jovem resolveu pedir ajuda ao avô, e, para além de ele o ter acolhido de braços abertos, o idoso resolveu escrever uma carta para a filha, mãe de Chad. O texto que ele escreveu tem sido elogiado pelo mundo inteiro!

carta_filho

Tradução:

“Querida Christine:

Estou decepcionado com você como filha. Você está correta sobre termos uma ‘vergonha na família’, mas errou sobre qual.

Expulsar o seu filho de casa simplesmente porque ele disse a que era gay é a verdadeira ‘abominação’ aqui. Uma mãe abandonando o filho é que é ‘contra a natureza’.

A única coisa inteligente que ouvi você falar sobre isso tudo é que ‘você não criou o seu filho para ser gay’. Claro que não criou. Ele nasceu assim e escolheu isso tanto quanto escolheu ser canhoto. Contudo, você fez a escolha de ser odiosa, mente fechada e retrógada. Portanto, já que estamos no negócio de abandonarmos filhos, acho que chegou a hora de dizer adeus a você. Eu agora tenho um fabuloso neto para criar, e não tenho tempo para uma filha que é uma vadia sem coração.

Se você encontrar o seu coração, ligue para nós.

Pai”.

Essa mãe que rejeitou o filho por ser gay aprendeu uma lição que com certeza nunca mais esquecerá. Partilhe se é contra todo o tipo de descriminação!


Segue a nossa página de facebook:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *