Nuvem de gafanhotos chega à Argentina e aproxima-se do Brasil

A fronteira entre Brasil e Argentina está em alerta, devido a uma extensa nuvem de gafanhotos que se aproxima do Estado Rio Grande do Sul.

Uma praga de gafanhotos, vinda do Paraguai onde destruiu campos de milho, chegou à Argentina e começa a aproximar-se do Brasil.

A entrada dos insetos em território argentino não passou despercebida, além de ser motivo de grande preocupação para os agricultores.

Segundo o G1, que cita as projeções do país vizinho, a praga pode chegar a oeste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, o que deixou os produtores em alerta.

A seguir pode ver alguns registos da impressionante nuvem de gafanhotos a invadir a Argentina.

Depois de passarem pelo Paraguai, os insetos chegaram na Argentina na última semama. Os insetos conseguem se deslocar em grandes distâncias, devido aos fortes ventos que os impulsionam.

O impacto da passagem dos gafanhotos em uma plantação de milho, que após a passagem, ficou completamente destruída.

Mas o que causa a formação de nuvens de ganfanhotos?

Essas nuvens acontecem porque quando o número de insetos da mesma população tem um crescimento exagerado e com isso existe a falta de comida na região, fazendo com que todos os membros saiam atrás de alimento.

Uma nuvem de gafanhotos pode chegar a ter até 40 milhões de insetos, como informam as autoridades argentinas.

Apesar de ser capaz de destruir lavouras, os gafanhotos não ofercem riscos ou atacam seres humanos.


Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.