12 Sinais precoces do Cancro da Próstata que tens de conhecer e que NUNCA devem ser ignorados!

É muito importante que conheças estes sinais, pois esse conhecimento pode fazer a diferença!

Os sintomas que acompanham o cancro da próstata podem não ocorrer no estágio inicial desta doença perigosa. Infelizmente, a maioria dos homens pode notar a presença de cancro da próstata, uma vez que esta doença começa a espalhar-se.

Exames regulares devem ser feitos todos os anos para que o cancro possa ser descoberto no seu estágio inicial. Além disso, também pode fazer auto-exames.

O seguinte é uma lista de 12 primeiros sintomas de cancro da próstata que os homens não devem ignorar:

  • Desejo frequente de urinar especialmente durante a noite
  • Dificuldade em urinar ou dificuldade para iniciar e/ou parar de urinar
  • Fluxo fraco de urina e mudanças de cor da urina. Também pode sentir formigamento, embora isso possa ser um indicador de muitos outros problemas de saúde.
  • Sangue no esperma
  • Sangue na urina (hematúria)
  • Sentimento desagradável no início do processo de urinar ou uma sensação de que você precisa segurar um pouco ao urinar
  • Impotência
  • Dor e inchaço que ocorre nos quadris, coxas e/ou parte inferior das costas
  • Dor óssea que não desaparece, ou leva a fraturas
  • Desconforto na região pélvica
  • Problemas com ejaculação
  • Queimação ou dor durante a micção

Os sintomas mencionados acima não aparecem como resultado do cancro, mas como o resultado de bloqueio que ocorre na próstata. Essa é a razão pela qual a progressão do cancro influencia a micção e actividade se xual em homens. Estes sintomas nem sempre estão ligados ao cancro da próstata. Alguns deles podem aparecer como resultado de próstata prolongada ou alguma doença do trato urinário.

É importante visitar um médico para determinar o diagnóstico. Conforme o cancro da próstata progride, pode ter sintomas semelhantes como outros tipos de tumores, tais como: perda súbita de peso, perda de apetite, náuseas, inchaço nas pernas e exaustão. Por isso a prevenção é sempre o melhor remédio. Previna-se!


Segue a nossa página de facebook:




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *