4 Partes do corpo que não servem para nada!

Aqui ficarás a conhecer as quatro partes do corpo, que supostamente, não nos servem para nada, pois não têm qualquer utilidade, a não ser causar transtornos, dor, ou outra coisa do género!

 

4_partes_corpo_desnecessarias_11. Dentes do Siso
Os sisos são os últimos dentes da boca, aqueles que geralmente nascem quando estamos a dar entrada na vida adulta. Muitas vezes é necessário realizar uma cirurgia para retirá-los, pois podem atrapalhar a estrutura dos outros dentes e/ou causar infecções. Para os nossos antepassados o siso era útil porque facilitava a mastigação. Mas como hoje em dia não precisamos mais de uma arcada dentária forte para mastigar raízes, folhas, morder ossos e arrancar carne, o siso só serve mesmo para dar dores de cabeça, e de dentes.

 

4_partes_corpo_desnecessarias_22. Apêndice
O Apêndice é um orgão vestigial do corpo humano, ele acumula bactérias que auxiliam na digestão e também acumula células linfáticas, que podem produzir anticorpos para a defesa de partes do organismo, como o intestino. Esta função era útil há milhares de anos atrás, mas hoje é completamente desnecessária. Hoje em dia o apêndice serve mesmo para causar apendicite.

 

4_partes_corpo_desnecessarias_33. Hímen
O hímen não tem nenhuma utilidade conhecida para o corpo da mulher. A membrana é um resquício evolutivo que surge quando o embrião do sexo feminino começa a desenvolver-se. Nesta fase a vagina é completamente fechada, quando ela se abre e termina de se formar é que surge o hímen, uma sobra do que tapava a vagina e que não serve para absolutamente nada (e que nos dias de hoje se rompe MUITO CEDO…)

 

4_partes_corpo_desnecessarias_44. Terceira pálpebra
No olho humano a terceira pálpebra é aquela parte rosa no canto do olho humano. Nos animais como os cães e répteis elas cobrem todo o olho e serve para proteger e auxiliar na limpeza, mas para os seres humanos não serve para nada.

 

4_partes_corpo_desnecessarias_5EXTRA:
5. Arrepio
O arrepio não é uma parte do corpo humano, mas sim uma função. Assim como acontece em animais como os gatos, o arrepio serve para fazer com que a gente aparente ser maior em situações que nos causam medo. No entanto, o ser humano já perdeu boa parte dos seus pêlos há muito tempo, por isso o arrepio não serve para muita coisa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.