A casa de poliestireno que está a dar que falar! Sabe tudo sobre este novo tipo de habitação

Todos nós sabemos que os países como a China, a Índia e o Japão têm verdadeiras crises habitacionais. Mas, felizmente, eles não ficam sentados e parados, eles procuram por maneiras de resolver esse problema.

Os japoneses são sempre muito criativos e inteligentes. Desta vez, eles decidiram resolver dois grandes problemas de uma tacada só — a crise habitacional e a não resistência dos edifícios durante os terremotos. Como? Eles inventaram e construíram casas de poliestireno.

i-domehouse.com

Essas casas são construídas com poliestireno de nova geração (EPS). De acordo com os inventores, este tipo de poliestireno é muito mais forte e mais compacto do que aquele tipo espuma utilizado em embalagens. Os criadores dessas casas também alegam que a força deste material e a forma incomum da moradia é capaz de proteger durante os terremotos. Infelizmente, esses desastres naturais estão acontecendo muito frequentemente no Japão, sendo assim é realmente importante ter uma casa que não seja destruída durante um terremoto.

interesnoznat.com

E isso não é tudo. De acordo com a “Japan Dome House”- o fabricante das casas modulares — essas construções não são caras. O custo total da construção desse tipo de casa tipo domo, com uma área de ​​36 m², fica entre ¥ 7 milhões e ¥ 8 milhões (US$ 68.700 e US$ 78.500).


interesnoznat.com

Além disso, as casas domo podem ser construídas em uma semana! E elas são facilmente ajustáveis.


i-domehouse.com

A empresa diz que as casas domo são usadas não apenas como residências, mas também como hotéis, templos, casas de banho (turco), igrejas e creches. E graças à sua montagem rápida, elas são geralmente utilizadas como acomodações temporárias para evacuados de desastres naturais.


i-domehouse.com

Fonte : interesnoznat.co


Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.