Dicas que te vão ajudar a para prevenir as dores nas costas

Estas dores são das que mais afectam a população.

De acordo com o neurologista e especialista em Medicina da Dor, Adriano Scaff, a dor nas costas é a segunda dor mais frequente no ser humano e a causa está associada ao sedentarismo, stress, posturas inadequadas e viciosas no trabalho e, mais recentemente, ao uso de smartphones, que aumentaram a incidência dessas dores.

O especialista explica ainda que as doenças mais frequentes na região da coluna são as doenças miofasciais (musculares), seguidas pelas doenças dos discos invertebrais (hérnias, protrusões, degenerações), bem como as dores das articulações.

Para prevenir o problema, Adriano afirma que é preciso investir na prática de exercício físico, controlar o stress e ter hábitos alimentares saudáveis. “Porém, medidas mais específicas como a ergonomia do trabalho, exercícios específicos para o fortalecimento dos músculos profundos da coluna, controlo da obesidade e do consumo exagerado de alimentos inflamatórios (que estimulam os mecanismos da dor) são ideais para quem sofre deste problema”, destaca.

E acrescenta: “Vale à pena ressaltar que o stress, a depressão e a ansiedade, são fatores que geram alterações [aumento] na percepção de dor pelo cérebro, podendo muitas vezes ser o principal mecanismo causador da dor numa pessoa, cujo tratamento é fundamental para o controlo da doença.”

Para quem já desenvolveu o problema, existem algumas alternativas para tratar a dor na coluna. “A literatura mundial demonstra que o tratamento multidisciplinar (médico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, entre outros) é o método mais eficaz para tratar a maioria dos casos”, conta.

Em casos graves, quando não existe uma grande melhoria, os bloqueios, a radiofrequência e as cirurgias minimamente invasivas, podem ser úteis, sendo que devem ser avaliados caso a caso.


Segue a nossa página de facebook:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *