Este pai prejudicou a sua filha… Mas o motivo… É revoltante!

É revoltante! Este pai prejudicou a filha… mas o motivo…

Mel é um daqueles bebés cujas fofos derretem qualquer um só de olhar. Em setembro de 2015, a menina ia completar cinco meses de vida. Como tantos outros pais, os portugueses Clife e Bruna Barbosa começaram a procurar uma creche para a filha.

Foi então que eles contataram uma instituição que tinha 39 vagas abertas: 30 subsidiadas pelo governo de Portugal e 9 que exigiam apenas o pagamento de uma pequena mensalidade. Os jovens pais ficaram felizes ao saber que Mel teria uma vaga subsidiada. Mas, no dia da reunião com a diretora da creche, o cenário mudou e o motivo é simplesmente revoltante.

A aparência e a profissão de Clife pareciam ser um problema…

pai_tatuado_3

De repente, o casal foi informado que a renda declarada não tinha sido devidamente analisada (o que deve acontecer antes de qualquer vaga ser oferecida) e que a condição para Mel frequentar a creche seria os pais pagarem um valor que a diretora considerava “justo”. Isto numa reunião que incluiu vários comentários sobre as tatuagens de Clife.

Quando Clife e Bruna questionaram o valor cobrado, a diretora perguntou se eles não tinham ninguém com quem deixar a filha. Ao saber que os avós da criança não poderiam cuidar dela, a diretora teve a audácia de perguntar se a razão não seria o fato de o casamento deles não ter sido aprovado pela família.

Clife Barbosa é tatuador e body piercer em Oeiras, Portugal. Ele tem várias tatuagens nos braços, no peito e nos ombros, elas podem ser vistas nas muitas fotografias que ele publica na página Facebook dele. Foi nesta mesma página que este pai escreveu um post que se alastrou pela internet, deixando qualquer um revoltado.

pai_tatuado_2

Como resultado, o seu post gerou milhares de likes, partilhas e comentários, muitos vindos de pessoas demonstrando solidariedade para com o tatuador. Devido à onda gigante de indignação que seu “desabafo” gerou, outra creche já ofereceu uma vaga para a pequena Mel.”Mas há males que vêm por bem, pois felizmente encontramos um colégio excelente para a nossa princesa, onde o respeito, o direito de igualdade e o amor são os princípios primordiais do colégio e que tanto prezamos!”.

O pai babado continua a compartilhar fotos encantadoras com a filha, que até já tem uma página pessoal, a Little Princess Mel, onde Clife e Bruna contam a “historia cheia de aventura, emoção e muito amor” desta verdadeira princesa.

Se também ficaste revoltado com este caso de discriminação, partilha a história deste pai dedicado e da doce Mel.

Fonte: facebook.com

Segue a nossa página de facebook:




3 thoughts on “Este pai prejudicou a sua filha… Mas o motivo… É revoltante!

  1. Se calhar a duvida surgiu quando se apercebeu que a atividade em causa facilmente levaria à fuga dos reais rendimentos . Eu mesma tenho tatuagens e elas custam por vezes somas exorbitantes. Esses valores são na sua maioria livres de impostos para quem os ganha pois tudo é feito entre 4 paredes.

    1. Não percebo o que escreveu??? Pois acha que em Portugal esta profissão é bem paga??? Caso saiba! estamos em Portugal e não nos EUA um País rico na Europa! Aqui os tatuadores ganham pouco se quiserem sobreviver!!! e tem de se adaptar para sobreviver! Impostos??? como??? Deve pensar que todos os dias existe clientes!!! Se fosse mesmo uma profissão de muito dinheiro! Já tinha á muito sido mais valorizada! Pois o que interessa aqui neste País é mostrar riqueza! em que é trabalhador e fartasse de trabalhar! o dinheiro vai para os cofres do nosso famoso estado que contraiu uma enorme divida á conta dos Banqueiros e amigos Capitalistas povinho não passa de números que colocam mensalmente milhares nos cofres dos meninos do Estado, e esses sim! Não fazem nada para o ter! ates de falares dos desgraçados do povo! Fala dos teus amigos Banqueiros, políticos e gente que trabalha no estado e tem uma vida que nunca ninguém do Povo! Irá ter na vida!

  2. Essa pessoa não deveria ser educadora.É uma lástima que exista,principalmente creches, administradas por pessoas deste nível.Preconceito absurdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *