Turistas pensavam que era um rebanho de ovelhas… Mas quando chegaram mais perto… Não queriam acreditar!

Os turistas que se encontravam num barco, num dos lugares mais remotos do planeta, testemunharam um momento incrível!

No início, quando estavam no barco, as pessoas pensavam estar a ver ovelhas, visto estarem a uma significativa distância das montanhas da ilha Russa Wrangel, no Oceano Árctico.

Mas, assim que se aproximaram, aperceberam-se que se tratava de um animal bastante diferente… Dezenas e dezenas de ursos polares aproximavam-se da água…!

Publicado por The Siberian Times em Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017

A razão da reunião, junto da água, era a carcaça de uma baleia que tinha dado à costa e que servia de sustento a dezenas de ursos polares, incluindo famílias com grupos de filhos que ascendiam a quatro!

Publicado por The Siberian Times em Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017

“Estavam, pelo menos, 230 ursos. Nestes, incluíam-se machos solteiros, fêmeas solteiras ou famílias inteiras com filhos ou mesmo mães sozinhas com filhos, com uns 4 cada uma…”, referiu uma fonte do instituto de preservação Wrangel Island Nature Preserve, em declarações ao site Newsamed.

Com cerca de 250 ursos polares a correr, livremente, pelo mundo selvagem, os turistas que se encontravam no barco conseguiram, de uma forma inesperada, ver 1% da população mundial de ursos polares, de uma só vez!

Publicado por The Siberian Times em Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017

E que cenário conseguiram estes ter acesso… Ursos polares, no seu habitat natural, a comerem de forma saudável e abundante… Especialmente quando é uma espécie que está em vias de extinção e tendo em conta, também, o grande problema do degelo que esta zona atravessa… Com o problema crescente do gelo a derreter na zona o Árctico, os ursos polares passam, muitas vezes, fome!

A polar bear (Ursus maritimus) combs one of Wrangel Island’s many beaches, perhaps looking for a carcass washed up onshore –> http://bit.ly/2xzdaw3

Publicado por Cosmos Magazine em Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

De acordo com a organização Polar Bears International, se as pessoas nada fizerem para as mudanças climáticas pararem, os ursos polares terão sido extinguidos em 2100.

Estes, pelo menos por agora, não terão de se preocupar com comida…


Segue a nossa página de facebook:



Vais Gostar de Ver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *