Estudo revela que comer salsichas aumenta risco de cancro e leucemia nas crianças!

De acordo com artigo publicado no jornal Los Angeles Times, citando pesquisa da Universidade da Califórnia publicada na revista Cancer Causes and Control, crianças que comem 12 ou mais cachorros-quentes por mês têm 9 vezes mais risco de desenvolver leucemia.

O LA Times acrescenta informando que duas outras pesquisas publicadas na mesma edição de Cancer Causes and Control sugerem que crianças cuja mãe comia regularmente cachorro-quente antes de elas nascerem têm o dobro do risco normal de desenvolver tumores cerebrais.

salsicha

Basta que a mãe consuma pelo menos um cachorro-quente por semana durante a gravidez para haver esse risco, segundo as pesquisas.

Salsichas contêm nitritos, que funcionam como conservantes e são utilizados principalmente para combater o botulismo.

Durante o processo de cozimento, os nitritos combinados com as aminas naturalmente presentes na carne formam compostos cancerígenos.

Mas as salsichas não contêm apenas o nitrito como ameaça.

Nitratos, outro conservante, também marca presença e aumenta o risco de cancro.

É possível, porém, produzir salsichas sem nitritos e nitratos e, assim, reduzir o risco de cancro.

salsicha2




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *